terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

[Review] Orcs Must Die


Um aprendiz guardião do mundo?


Um dia correndo pelas promoções do Steam, olhei um jogo, com cara de jogo infantil (hehe). Sabe aqueles que você simplesmente olha e lembra do você era criança? Pois bem Orcs Must Die não estava em promoção, então comentei com o meu colega "assim que ele estiver comprarei!". Um tempo depois, o jogo entrou em promoção e acabamos comprando juntos. O que me surpreendeu foi que Orcs não é somente aquele jogo que remete à minha infância mas sim um jogo inteligente, que te faz quebrar a cabeça para completar os objetivos

Esse jogo merece muito ser conferido...

Ficha técnica

Quanto foi jogado:
  • 18 horas
Pontos positivos
+ Bom nível de dificuldade
+ Boa variedade de armadilhas
+ Sistema de melhoria de armadilhas
+ Prende sua atenção

Pontos negativos
- Apenas Single Player 
Gênero: Ação, Estratégia, Indie, Tower Defense
Dev: Robot Entertainment
Publisher: Microsoft Studios
Lançamento:
  • 11 de Outubro de 2011
Semelhante a:
  • Dungeon Defenders
  • Sanctum
  • Plants vs Zombies

História

A história envolve basicamente defender o "Mundo Humano" do "Mundo Morto".

O personagem principal do jogo é chamado apenas de O Aprendiz,  responsável por proteger a passagem de Hordas (Orcs, Ogros...) do mundo dos mortos para o mundo humano. Essa passagem se dá através das Rifts (aberturas).

O Aprendiz faz parte de uma Ordem na qual sobraram somente duas pessoas, ele e o Mago. Porém, no início do jogo, o Mago morre, fazendo assim que somente O Aprendiz seja o guardião de todas as Aberturas.

Todo o jogo possui um tom cômico. A morte do mago, por exemplo, não foi nada mais nada menos do que escorregando na escada e batendo a cabeça no chão. Durante todo o game play o personagem principal debocha dos Orcs sobre a forma como eles irão morrer ou estão morrendo. O mais interessante é que o jogo chegou ao Brasil com dublagem em PT-BR, raro no mercado, e muito boa diga-se de passagem, o que é mais raro ainda. Desta forma auxiliando aos não fluentes em inglês a se divertirem com o humor negro do game.


Mecânica

O jogo mistura tower defense e ação em terceira pessoa. Seu objetivo em cada fase é proteger o Rift do ataque das hordas. As hordas atravessam o nível em caminhos fixos e vem em grupos progressivamente mais difíceis. No início de cada fase, você seleciona quais equipamentos seu personagem irá usar, dentre armas e armadilhas.

As armadilhas devem ser posicionadas em pontos estratégicos da fase, por onde passarão os inimigos. Além das armadilhas, você deve usar suas próprias armas e equipamentos para atacá-los. Cada inimigo morto dá mais moedas, que servirão para colocar mais armadilhas e melhorar a sua defesa. Com o passar das fases você ganha novas armadilhas, magias e equipamentos, e começa a ficar mais complicado escolher quais serão mais úteis para os inimigos que virão.

Conforme as fases vão passando, o jogo vai ficando mais difícil. É comum descobrir no final da fase que a sua estratégia não era forte o suficiente, conforme você é atropelado por dezenas de inimigos. Além disso, você ganha "Caveiras" de acordo com seu desempenho em cada missão. Em posse delas, é possível trocá-las por melhorias em suas armas e armadilhas.

Ambientação

O gráfico do jogo é bem elaborado, partindo não do realismo, mas sim de um estilo mais artístico e cartunesco. Fator esse que auxilia o jogo a não parecer tão violento, pois o que acontece é um verdadeiro massacre.


Tanto o ambiente quanto o som remetem a um cenário medieval, que se passa em sua totalidade dentro de castelos. Figuram grandes salões, escadas e pontes sobre rios de lava. Os cenários são escuros e iluminados por tocha, trazendo um ar de mistério que contrasta com as animações cômicas dos personagens.


O conceito do jogo como um todo parece tirado do filme de 1992 Army Of Darkness (no Brasil, Uma Noite Alucinante 3). O próprio Aprendiz guarda uma semelhança notável com o personagem Ash, desde a aparência física e traje até os bordões usados a cada inimigo morto:


Fator de impacto

Orcs Must Die é um jogo que prende sua atenção. Você vai colocar armadilhas e pregar o dedo no mouse para matar as hordas. Porém conforme o jogo avança, a dificuldade e a complexidade aumentam. O desespero bate, o tempo para preparar as armadilhas vai ficando cada vez menor e em algumas fase esse tempo nem existe. Às vezes saem inimigos de mais de um lugar e quando você vê está cercado por todos os lados. Eles vem pelo ar, vem por terra, explodem.... A adrenalina aumenta quando eles passam por pontos que você julgava seguros.

É um jogo muito bom, que mexe tanto com o seu pensamento estratégico quanto com o seu impulso destrutivo. É diversão garantida, e você vai se ver preso num ciclo interminável de "só mais uma tentativa".

Postagens Relacionadas



Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário