terça-feira, 1 de abril de 2014

Facebook anuncia novo console, Oculus Rift incluso!



Na tarde de hoje, no blog do Facebook, Mark Zuckerberg anunciou que a empresa está desenvolvendo seu próprio console para games. O Project Facelift (nome temporário) vem envolto em mistério e deve chegar às salas do mundo todo no final deste ano.



"Os jogos sempre foram uma parte importante da utilização do Facebook, e somos entusiatas dos jogos." - disse Zuckerberg - "Estamos sempre em expansão, no tocante a novas formas de interação social. O Project Facelift deverá extrapolar as limitações que computadores e dispositivos móveis impõem nessa interações."

O post define o Facelift como um "console de mídia", no sentido em que os jogos têm uma importância tão grande quanto a comunicação e o compartilhamento de experiências. Os detalhes sobre o dispositivo ainda são vagos. A documentação para a imprensa apenas aponta algumas linhas gerais do projeto, que seguem em forma resumida:

  • Pretende alcançar o público tradicionalmente não-gamer, não almejando uma concorrência direta com Sony e Microsoft.
  • Terá funcionalidades avançadas de compartilhamento de vídeo em tempo real, replays e capturas de tela.
  • Já conta com o apoio de terceiros como EA, Ubisoft, Square Enix e Rovio.
  • Terá um preço muito acessível, mas com modelo de monetização diferenciado.
  • Oculus Rift estará incluso no pacote!
  • Lançamento simultâneo no mundo todo, exclusivamente atráves de uma loja online dedicada.
  • Selfies automáticos. Ferramenta útil para compartilhar as suas expressões enquanto joga.
  • Proezas(achievements) postadas automáticamentes na sua linha do tempo.
  • Chat Rift: Permite que todos entrem em uma sala virtual para uma experiência de reunião real.

Zuckerberg acrescentou: "O Facelift deve trazer a experiência social para a sala. Nós queremos que as pessoas possam encontrar suas famílias, fazer festas, jantar juntas, enfim, tornar o mundo mais conectado e aproximar as pessoas de quem elas gostam.".



Ainda não está claro se, após o anúncio dessa empreitada, o Oculus Rift ainda terá um mercado para os gamers de PC, ou se será um dispositivo exclusivo. É possível se inscrever para uma fase de beta, em que os participantes receberão um protótipo do console para avaliação, mas o link está disponível apenas para EUA e Canadá.

A comunidade está recebendo a notícia de forma dividida. De um lado, os que consideram a iniciativa inevitável como parte da tendência de expansão do gigante das redes sociais. De outro, os que acham que o Facebook está arruinando o Oculus Rift, além do mercado de games em geral. No twitter, já se fala na "orkutização dos games".

A observação sobre "modelo de monetização diferenciado" traz uma grande incerteza. Será que estamos diante do primeiro console freemium?

Maiores informações aqui!


Postagens Relacionadas



Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário