sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Apple: novo OSX, novos iPad, novo iMac!


Nesta quinta-feira, a Apple mostrou novidades interessantes em sua linha. De destaque é a tela épica do novo iMac Retina. Confira a seguir:


OSX Yosemite

Em demonstração já há vários meses, a nova versão do OSX impressiona com as novidades. De destaque é a habilidade de se atender um iPhone e receber suas notificações sem tocar no aparelho, utilizando seu Mac. Há mudanças no design, inspiradas pelo IOS7. A atualização é gratuita e pode ser baixada já!


iPad Air 2

O novo iPad vem ainda mais fino e munido de um sensor de impressões digitais, assim como na linha iPhone. Vem com o novo processador A8 (o mesmo do iPhone 6), que promete um grande ganho principalmente nos gráficos para games. Inclui uma câmera de 8 megaPixels, mas você não deveria estar usando seu tablet para tirar fotos. A versão de 32 GB foi descontinuada: as opções disponíveis são 16GB, 64GB e 128GB. Continua imperdoável a resistência da Apple em fazer um iPad widescreen.



iPad Mini 3

O novo iPad mini causa estranheza. Ele é exatamente o mesmo modelo da geração passada, mas com um leitor de impressões digitais. Assim como na linha Air, não há mais a opção com 32GB. Com a mesma tela de 8 polegadas, ele fica numa posição desconfortável entre o iPhone 6 Plus e o iPad Air 2.



iMac com tela Retina 5k

O novo iMac de 27 polegadas traz uma resolução estarrecedora de 5210x2880. É uma contagem de pixels maior ainda do que a dos monitores 4k, que ainda estão engatinhando no mercado. Como de costume, a qualidade de exibição de cores e contraste da Apple é lendária.

Fica uma leve dúvida se os olhos do consumidor "mortal" serão capazes de perceber esse grau de definição. Em sendo um monitor grande, a resolução épica provavelmente será bastante útil para designers gráficos e pessoas que gostam de manter várias janelas ativas simultaneamente. Já para assistir a filmes e séries, o conteúdo ainda é bem escasso para 4k, e inexistente para 5k. E o Mac ainda não é uma plataforma muito amigável para jogos.



... e no Brasil?

O preço do iPad Air (não o novo iPad Air 2) foi ajustado para 1.600 Reais. É um preço bem razoável para se ter um dos mais poderosos tablets do mercado. A nova versão deve chegar antes do Natal, mas certamente virá mais caro, imagino que mais próximo dos 2.000 Reais. A propósito, o novo iPad certamente chegará ao mercado brasileiro antes do novo iPhone, pois é menos dependente das aprovações da Anatel. Se você já tem uma predileção por produtos Apple ou já possui outro iDevices, a proposta é justa. Se você está em cima do muro, vale a pena conferir as alternativas na plataforma Android. Sugestão para a série Galaxy Tab S, da Samsung, conta com uma tela AMOLED (widescreen) de cair o queixo.

Já nas linhas iPhone e Mac, a Apple continua se posicionando em um nicho "irreal premium" que beira o insulto. O novo iMac custará lá fora 2.500 dólares. Numa conversão bem displicente, levando em conta impostos, estaríamos falando de 8.000 Reais. O preço anunciado pela loja da Apple no Brasil é de 14.000 Reais. Esse preço é referente a um Core i5, com uma placa de vídeo decente, ótima tecnologia de armazenamento e o design fenomenal da Apple. Por outro lado, 14.000 reais compram pelo menos TRÊS máquinas PC de altíssimo padrão, com Core i7, placa de vídeo topo de linha, e todo tipo de detalhe que faz o sonho de qualquer gamer. Certamente, a Apple não vende o iMac como uma plataforma de games, mas fica difícil precisar qual exatamente é a intenção que eles têm para a linha Mac no Brasil.

Postagens Relacionadas



Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário